Imprimir

Imprimir Notícia

08 Fev 2020 - 17:30

Saiba mais sobre Diabetes Mellitus do tipo 2

Atualmente, cerca de 12% da população brasileira têm diabetes mellitus do tipo 2. Diretamente associada com a obesidade, a doença está entre os principais fatores de risco para o coração. “A diferença de diabetes tipo 2 para o 1 é que ela pode ser desenvolvida mesmo por pessoas cujo organismo ainda produza insulina".

Dr. Ricardo Pavanello, cardiologista do HCor, complementa explicando que a glicose em excesso provoca a aceleração dos processos que causam entupimento das artérias e é isso o que acaba afetando o sistema cardiovascular.

Para tratar e também prevenir o diabetes tipo 2, o melhor remédio ainda é combater a obesidade.

Por isso, é fundamental acabar com o sedentarismo adotando a prática de atividades físicas regulares, mediante avaliação médica. “Fazer exercícios não só ajuda a queimar o açúcar e o excesso calórico presente no organismo, mas também regula o metabolismo aumentando a eficiência da insulina. Tais benefícios são fundamentais para o controle e até a reversão da doença ao longo dos anos”.
 
 Imprimir