informe o texto

Notícias | Mato Grosso

Mato Grosso interrompe sequência positiva e tem 2,4 mil demissões; saldo do ano é positivo

Os dados do Caged aponta que no mês passado, a agropecuária foi setor que mais mandou trabalhadores embora – 3.115

20 Dez 2019 - 08:59

Redação - Inova Portal

Mato Grosso interrompe sequência positiva e tem 2,4 mil demissões; saldo do ano é positivo

Foto: reprodução

O Estado de Mato Grosso interrompeu a boa sequência de sete meses gerando empregos e voltou a mandar embora mais trabalhadores com carteiras assinadas, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério da Economia, divulgados ontem.

Em novembro, juntas as empresas e indústrias de todos os segmentos demitiram 2.437 funcionários a mais, resultado de 31.154 trabalhadores demitidos e 28.717 admitidos. Já em outubro, foram geradas 1.639 vagas a mais.


Os dados do Caged aponta que no mês passado, a agropecuária foi setor que mais mandou trabalhadores embora –  3.115 -, resultado de 7.736 demissões e 4.621 contratações. A construção civil teve o segundo pior desempenho ao fechar 739 vagas a mais, resultado de 2.801 serventes e pedreiros demitidos e 2.062 contratados.

Na sequência, aparece a indústria de transformação com 364 postos de trabalho fechados a mais, saldo de 4.404 funcionários dispensados e 4.040 admitidos. Os serviços encerraram 125 novos postos de trabalho, resultado de 8.100 trabalhadores demitidos e 7.975 contratados.

Já o extrativismo mineral fechou 50 vagas a mais, resultado de 163 mandados embora e 113 admitidos. Os serviços industriais de utilidade pública encerraram 41 postos de trabalho a mais.

No mês passado, o comércio manteve o bom desempenho e gerou mais empregos. Somente o setor foi responsável pela criação de 1.996 vagas de empregos a mais, resultado de 9.751 contratações e 7.755 demissões. Já a administração pública contratou uma pessoa a mais.

Consta ainda no relatório do Caged que, com esse resultado, Mato Grosso gerou, em 12 meses, 22.523 empregos formais, resultado de 410.570 admissões e 388.047 demissões. Já de janeiro a novembro deste ano, foram criadas 32.274 vagas a mais, saldo de 386.831 contratos formalizados e 354.557 encerrados.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet